28
Maio
08

O canto de cisne dum Teatro.

Em mais uma publicação da rubrica Estudos Gerais, trago-vos informações relacionadas com a comunicação externa no Teatro de Vila Real, um dos baluartes da cidade e referência nacional pela adesão recorde dos Transmontanos que ao que parece se reconciliaram com a cultura e memória histórica desta mítica cidade. Para os que não a conhecem, aconselho uma visita, para os que já conhecem fiquem a saber quais são as estratégias de difusão do Teatro Municipal de Vila Real:

Teatro de Vila Real

Inaugurado em 2004, o Teatro de Vila Real é já uma das principais obras da arquitectura portuguesa contemporânea e a obra pública com maior expressão na cidade. Integra a Rede Nacional de Teatros Portuguesa e “tem a maior taxa média de ocupação de salas em todo o país” (86%). Este é o seu exomarketing:

  • Agenda Trimestral

– É o meio de divulgação por excelência das actividades do Teatro em cada trimestre;
– Quatro vezes por ano, 10. 000 exemplares são distribuídos gratuitamente pela população e pelas várias entidades públicas do concelho e do distrito. Fica disponível em locais públicos e no próprio Teatro;
– Os telespectadores inscritos na base de dados receberão à segunda-feira uma mensagem de correio electrónico com todos os detalhes sobre os espectáculos.

  • Relação com a Imprensa

– A Agenda e os e-mails de divulgação são enviados para a imprensa nacional e regional;
– Semanalmente, a imprensa recebe informações com as datas dos espectáculos alinhados, decidindo mais tarde se as publica. Para além do envio dos press releases e dos e-mails, são organizadas conferências de imprensa no Teatro, em que se apresenta a programação de um festival e se responde às questões colocadas;
– Há um acordo entre o Teatro e a delegação regional de Vila Real do Rádio Clube Português, que prevê a realização semanal de entrevistas com os protagonistas dos espectáculos. Com a Rádio Universidade, acordou-se uma entrevista à quinta-feira, em que o responsável do Teatro antecipa o fim-de-semana cultural;
– Para promover os grandes festivais (Douro Jazz, Festival de Teatro 27, Festival de Música Clássica, Ciclo de Concertos de Verão) faz-se publicidade paga nos jornais nacionais e regionais e deste modo assegura-se que os eventos serão publicitados na comunicação social. No caso do Ciclo de Concertos de Verão, elabora-se um spot publicitário para passar na RTP durante o evento, 15 a 20 vezes num período de 3 semanas ( 1 vez por dia, 4 a 5 vezes por semana).

– Tem disponível a programação do trimestre e na página de abertura são colocados semanalmente os destaques do fim-de-semana, com os dois principais eventos em cartaz.

  • Sistema de SM

– Os interessados dão ao Teatro o número de telefone e recebem semanalmente informações relativas aos espectáculos e às respectivas datas. Por vezes, quando os bilhetes já estão esgotados, não se justifica este procedimento e nestas situações o envio é feito quinzenalmente.

  • Divulgação local:

– Cartazes, mupis, pendões e ocasionalmente flyers para a promoção de espectáculos musicais.

  • Folhas de sala / Desdobráveis

– As Folhas de Sala correspondem a uma publicação que contém o resumo dos espectáculos, sendo distribuída à entrada das salas;
– Os Desdobráveis saem aquando dos grandes festivais e servem como um complemento às informações veiculadas na agenda sobre o evento. Contemplam informação específica do festival e são distribuídos gratuitamente nos mesmos locais da agenda. Nestes festivais de elevada dimensão, funcionam mesmo como folha de sala.

  • Contacto com os agentes culturais

– Permanentemente ocorrem conversas, via telefone, e-mail ou presencialmente entre os responsáveis do Teatro e os chamados agentes culturais, ou seja, as personalidades envolvidas no mundo da arte e com ligações privilegiadas às carreiras dos artistas (reuniões para estudo das disponibilidades de mercado, dos orçamentos e das alternativas).

  • Diálogo com variadas instituições

– Conversações com escolas e outras organizações de ensino sobre a possibilidade de estas usarem o espaço e os meios técnicos do Teatro para congressos, colóquios, festas escolares ou visitas guiadas. O mesmo acontece relativamente a outras entidades e associações do concelho (Governo Civil, Conservatório Regional, APAV, APPC, Bombeiros).

  • Interacção com o público

– E-mail usado pelo espectador para fazer chegar as suas críticas e sugestões e pelo Teatro para responder, visando o entendimento e a satisfação de ambas as partes;
– Ficha do espectador, um instrumento de pesquisa de opinião útil ao Teatro na perspectiva de fazer um diagnóstico do grau de satisfação do público que preenche este formulário disponível na bilheteira. A ideia é obter um feedback por parte do público, isto é, tomar conhecimento dos seus gostos e preferências mas também daquilo que o desagrada para, por um lado, dar continuidade aos projectos bem aceites e se possível melhorá-los e, por outro, para corrigir as falhas.

  • Revista do Ano

– Mostra o trabalho de todo um ano, a quantidade e a diversidade de espectáculos e a forma como o público tem aderido às propostas;
– Através desta revista, os espectadores, as instituições e a comunicação social terão oportunidade de atestar a produção do teatro;
– Esta é uma forma de suscitar o interesse dos espectadores em relação aos eventos futuros;

– É nesta revista que se reúnem os cartazes do ano anterior e um conjunto de quadros e gráficos com as informações estatísticas à volta da actividade do Teatro (número de espectadores e visitantes em cada mês, taxa de ocupação das diferentes salas, tipologia dos espectáculos).

  • “Poesia Portuguesa Contemporânea”

– É editada desde 2005 e tem o apoio da Delegação Regional de Cultura do Norte;
– A distribuição é nacional, pelo que esta publicação é vendida nas principais livrarias do país.

  • Catálogo de Exposições

– É um folhetim que serve como guia das exposições presentes no Teatro.

Rui Azevedo
João Azevedo
Manuel Fernandes



Blog Stats

  • 47,723 hits
Maio 2008
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d bloggers like this: