08
Mar
08

Um “embrulhozinho” à conta do freguês.

Não que as ditas revistas masculinas suscitem grande interesse e relevância à linha editorial aqui do blogue (mesmo considerando as horríveis análises de actualidade da “Maxmen”) agora, o que me fez publicar em seu nome foi este incompreensível e anedótica declaração de João Godinho director da revista FHM, justificando o não pagamento das respectivas “posers” mensais da revista:

Belas referências numa “dança a dois”, porque a FHM não utiliza as suas mulheres como “objectos” mas sim como “produtos” onde tudo se vende menos a hedónica honra e respeitinho intrépido que bem são precisas numa época em que se “desvirtua os valores” de revistas masculinas. Sim, valores que são equitativos tanto para A FHM como para a Playboy. Soa-me é a falso pudor, mas isso sou eu que não percebo nada disto e além do mais não conheço as regras do”jogo”, nesta “dança” da decadência entre um figurão público analfabeto e uma revista que baseia a sua existência em trocos perdidos na algibeira por um belo par de “mamas”.

Vide: Uma palhaçada das antigas.


0 Responses to “Um “embrulhozinho” à conta do freguês.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Blog Stats

  • 47,723 hits
Março 2008
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d bloggers like this: